Como escolher livros infantis em formato digital, é o que queremos compartilhar com pais e professores em nosso post de hoje.

1. Pense nos interesses da criança

Acho que o maior erro é começar uma busca sem considerar os interesses da criança. Os adultos, por exemplo, nunca escolhem ler um livro que não tenhamos interesse em ler. Como uma criança. Por isso, devemos levar em consideração o universo infantil, seus interesses e suas necessidades. Faça dele um participante da seleção do livro que você vai baixar e escolha um livro divertido juntos. Sim, o livro deve ser divertido para os pais ou o professor, assim como deve ser divertido para a criança. Tenha muito cuidado: se o livro não for divertido para um adulto, é muito provável que também não seja divertido para a criança. Além disso, se uma criança acha que o adulto gosta de ler, ela também gostará e aprenderá a amar a leitura.

2. Não baixe os primeiros livros que aparecem por impulso

É possível que, quando começamos nossa busca por livros, o façamos digitando no mecanismo de busca de um aplicativo de livraria, como Loja de aplicativos, as palavras "livros infantis". Imediatamente obteremos quantidades de títulos que geralmente são organizados por número de downloads, privilegiando os mais baixados. Você notará que a maioria dos livros que aparecem primeiro são gratuitos, obviamente os mais baixados. Não se empolgue com o desejo de baixar esses livros. Claro, pode-se pensar que esses livros estão em primeiro lugar porque são os melhores e são gratuitos! Mas não é assim. Não quer dizer que não existam livros gratuitos de excelente qualidade, mas posso assegurar-vos que não são os primeiros resultados. Mas vamos ver mais dicas de como escolher livros infantis.

3. Não se guie pelo conceito de "best-seller"

O mundo dos livros a nível internacional parece ter sido invadido pelo conceito de Bestseller. No entanto, não devemos perder de vista que esse conceito representa uma valoração comercial do livro como uma mercadoria que nada tem a ver com o valor literário de uma obra. Em outras palavras, o fato de ser o livro mais vendido não garante sua qualidade literária. Nem quer dizer que bestseller seja sinônimo de livro medíocre, porém considero que existem outros critérios mais interessantes quando pensamos em como escolher livros infantis.

4. Leia as críticas que foram feitas sobre o livro

É muito importante, no processo de busca de livros infantis, fazer uso das resenhas que foram feitas sobre o livro. Faça o exercício de “pesquisar no Google” o livro para ver o que aparece. Leia as resenhas que os críticos literários especializados fizeram sobre o livro. Também em muitas lojas de e-books como o iTunes, os leitores deixam seus comentários e experiências do livro. Nestes comentários podemos encontrar uma grande fonte de documentação sobre o livro com base na experiência específica do usuário.

5. Documento sobre os autores

É importante passar alguns minutos lendo sobre os autores. De onde ele é, quando nasceu, que outros livros escreveu, etc. O mesmo acontece com os ilustradores, que também são autores. Algo que quase nunca falha é: nunca perca tempo baixando ou comprando um livro que não reconheça a autoria do escritor ou ilustrador. Há alguns dias, por exemplo, baixei uma versão gratuita de "A Princesa e a Ervilha", o segundo resultado no Loja de aplicativos na categoria de livros infantis no Canadá. Quando abri o aplicativo, percebi que em nenhum lugar eles mencionam o autor, Christian Andersen, muito menos o ilustrador dessa versão. O livro acabou sendo o que eu esperava: o clássico livro mal nutritivo, uma adaptação pobre e desonesta. No entanto, parece ser um dos livros mais baixados. Agora, quer saber mais dicas de como escolher os livros infantis?

6. Verifique a qualidade literária do texto

Muitas vezes, os livros eletrônicos oferecem uma prévia onde podemos ver, antes de baixar o livro, parte de seu conteúdo literário e gráfico. Reserve um tempo para lê-lo e analisar sua riqueza em termos de imagens literárias. Procure escolher livros ricos em analogias e metáforas que estimulem a imaginação e inicie uma conversa interessante com seu filho. Livros que permitem inferências, perguntas abertas. Evite livros cheios de chavões, finais óbvios ou personagens planos.

7. Verifique a qualidade das imagens

Tal como acontece com os textos, vamos tentar passar um pouco de tempo examinando atentamente as ilustrações dos livros. As ilustrações devem despertar a imaginação das crianças. Ilustração e texto devem vir juntos harmoniosamente. Uma boa ilustração sempre complementa e enriquece a história. Isso nunca deve interferir na sua leitura ou interpretação. Desconfie de gráficos que ilustram claramente o texto, pois isso significa que não houve trabalho consciente ou contribuição valiosa do ilustrador. As imagens devem ter caráter narrativo próprio, sem serem desvinculadas da história. Reserve um pouco de tempo para
analisar em quais técnicas as ilustrações foram feitas.

Mas vamos aprender mais dicas sobre como escolher livros infantis em formato digital.

8. Veja outros recursos no e-book

O surgimento do livro em formato digital trouxe uma grande variedade de possibilidades às editoras. O suporte em tablets e computadores eletrônicos tem permitido integrar o universo do livro, possibilidades impensáveis ​​e maravilhosas. Analise cuidadosamente as características técnicas do livro que você vai comprar. Muitos livros de aplicativos maravilhosos como Flying Books de Morris Lessmore ou O pássaro de mil canções, aproveite ao máximo as possibilidades dos tablets. Aqui deixamos para você o trailer de um desses livros de aplicação maravilhosos:

Narração

Os e-books são frequentemente narrados. Certifique-se de que a narração é uma narrativa de qualidade. Embora a maioria dos livros tenha excelentes contadores de histórias de alto nível, uma pequena parte usa contadores de histórias pouco profissionais, ou até mesmo vi alguns livros que usam vozes digitalizadas que resultam como se um robô de verdade estivesse lendo para seu filho. Porém, algo muito importante: a narrativa, por melhor que seja, jamais substituirá a narração de um professor ou de um dos pais. Nem a narração que a criança pode fazer. Certifique-se de que seus e-books tenham a possibilidade de desligar o narrador para narrar você mesmo.

Música

A narração geralmente é acompanhada por uma trilha sonora. Cuide para que a trilha sonora tenha qualidade musical. Espero que o livro tenha música original. Muitas vezes, algumas editoras, apenas para atender ao requisito de ter música, usam músicas genéricas adquiridas em algumas páginas da web que oferecem esse serviço. Eles usam tanto isso que muitas vezes podemos encontrar vários livros em nossa biblioteca que usam o mesmo clipe. Muitas outras vezes, há livros que se limitam a ter um único loop que se repete mecanicamente em todas as páginas do livro sem nenhum significado. Algo é certo nisso: os melhores e-books são aqueles com música original.

Animação

Tablets de leitura, assim como computadores, têm permitido que editoras digitais façam uso da animação de ilustrações de livros. Na maioria das vezes, a animação costuma acontecer, é um complemento ideal para a animação. Porém, muitas vezes, as animações podem dificultar a leitura, distrair o leitor e não contribuem para a semiótica da imagem. Às vezes a animação excessiva, quase que não nos permite reconhecer entre o que é um filme e um livro. A animação deve ser medida e deve permitir ao leitor tempo para ler a imagem estaticamente a fim de apreciar os detalhes simbólicos de uma ilustração verdadeiramente boa.

Interações

Muitas vezes, as animações permitem gerar uma interação com o leitor. No entanto, você deve ter cuidado com isso. Não percamos de vista que estamos dando um livro a uma criança, mesmo que seja um livro eletrônico. Interações que não são feitas com sentido, nos fazem perder o essencial que é o ato de ler. Neste sentido, é muito importante verificar se as animações contribuem para uma leitura divertida ou pelo contrário afastam o leitor do essencial. Não se esqueça de algo, um livro é um livro e um videogame é um videogame. Que seu filho ou tem um gosto muito bom. Muitos livros podem até propor jogos um tanto enfadonhos para uma criança acostumada a jogar videogames reais altamente desenvolvidos. Como você pode ver, escolher livros para crianças é uma tarefa fácil.

Múltiplos idiomas

Os livros multilíngues são realmente emocionantes, não apenas para crianças, mas também para adultos. A possibilidade de ler (mesmo que não falemos as outras línguas) representa um exercício muito interessante do ponto de vista da leitura. Brincar com outras línguas, ouvir a narração numa língua que não é a sua pode ser magnífico. Claro, para sociedades bilíngues como o Canadá, esse tipo de recurso em livros digitais é extremamente interessante.

9. Analise as possibilidades lúdicas do livro

A ludicidade é a capacidade de aprender brincando. A leitura deve ser concebida como um ritual, mas também como parte do jogo. As leituras levaram gerações de crianças a criar jogos baseados em suas leituras. Os jogos de pitaras, vaqueiros, príncipes e princesas geralmente têm um precedente nas leituras. Quando você compra um livro, pense: depois de lê-lo, o que podemos tocar?

10. Analisar as possibilidades reflexivas do livro (Fundamental no processo de escolha de livros infantis)

Talvez esta seja a dica mais importante sobre como escolher livros infantis. Da mesma forma, o livro que é profundo, que é interessante e que foi elaborado com respeito e conhecimento do mundo das crianças, deve necessariamente nos levar a refletir sobre a vida. Desconfie de um livro que não o convida a pensar um pouco mais depois de lê-lo. Não se trata de os livros se tornarem doutrinários ou moralizantes. Esses livros também devem ser desconfiados. Mas os livros devem nos falar sobre a vida e todos os temas maravilhosos para os quais a própria vida nos convida. Bons livros devem permitir que falemos sobre as coisas importantes da vida com nossos filhos ou alunos.

Espero que essas 10 dicas sobre como escolher livros infantis tenham sido muito úteis para nossos leitores. Um abraço.

 

Por enquanto recomendamos este lindo livro, você quer?

Deja un comentario